https://www.abcfluent.com/wp-content/uploads/2018/05/Como-encontrar-pessoas-para-praticar-Inglês-sem-sair-de-casa.jpg
SHARE
http://www.cantaringles.com/

Eu lembro com muito carinho de uma época em que eu trabalhava para um empresa e tinha uma chefa espanhola que se chamava Teresa. Um dos seus pontos fracos no inglês, ela me disse, era que ela não achava ninguém com quem praticar. Nos tempos de escola, ela sempre tirava as melhores notas, tentava assistir filmes sem dublagens sempre que podia e lia muitos livros em inglês. Sua compreensão era excelente, mas na hora de falar surgia aquele famoso travamento.

A razão desse “fenômeno” entre os estudantes de inglês é que não existe equilíbrio entre input e output. Input é o tempo de exposição passiva ao idioma. O tempo que você passa ouvindo ou lendo. Output, por outro lado, é o tempo que você passa se expressando, respondendo perguntas, descrevendo situações.

Em resumo:

Input = é a hora de ouvir.

Output = é a hora de falar.

Quem estuda inglês entende o que eu estou querendo dizer. Por que você já sabe tantas palavras e não sabe falar? Esse tópico eu vou responder em outro post porque hoje eu venho aqui falar como aumentar o seu tempo de output sem sair do país, sem sair do bairro e sem sair do sofá.

Pesquisando na internet eu encontrei vários sites que promovem encontros com professores e alunos de inglês. O que eu mais gostei foi o italki. Por que? A razão eu vou explicar já já. Vou explicar primeiro o que é o italki se você ainda não ouviu falar.

O italki é um site voltado para a prática de idiomas. Tem professores e alunos de todo o mundo com um leque de idiomas variados. Os professores, obviamente, cobram uma taxa por hora para ensinar, caso você esteja interessado em contratar. Basicamente o sistema de mensagem é feito dentro do próprio site e quando um acordo é fechado, o professor e o aluno marcam as aulas e trocam Skypes (que é a plataforma mais usada para as aulas).

Agora vem a parte mais legal! Quem não tem dinheiro também pode encontrar um “professor” de inglês. Como assim? Bem, essa pessoa não será o seu professor. Ela será o seu Language Partner (parceiro de idioma).

A ideia é muito simples: I scratch your back, you scratch mine (você coça as minhas costas e eu coço as suas). Isso quer dizer que você tem que encontrar uma pessoa que esteja querendo aprender a sua língua (no caso, português!) e entrar em contato com essa pessoa, ou essa pessoa entrar em contato com você. Durante a interação vocês vão dividir o horário em 2 partes. A primeira parte a conversa será em português e na segunda parte, em inglês. Ou vice-versa.

Vantagens com parceiros de língua

Quando estamos falando em português com o nosso Language Partner, podemos ver as dificuldades que a pessoa enfrenta para aprender um idioma. Gagueiras, vozes frustradas, tremedeira… olhares inseguros e amedrontados, rostos corados e algumas gotas de suor escorrendo pela testa. “Ah, existem outras pessoas que também passam por isso!” – você vai pensar sentindo aquele alívio. Essa percepção nos faz ver que não precisamos ter vergonha de falar. Você se sentirá mais seguro quando for a sua vez de praticar porque vai saber que todo mundo passa por isso.

O que você deve fazer antes de começar

Objetivo – Tenha em mente o seu objetivo principal, aprender inglês. Seja claro ao entrar em contato com os outros alunos.

Nível – Escolha SEMPRE um falante nativo, ou alguém que seja fluente no inglês (afinal de contas eles estarão ganhando um nativo, fluente em português, não é? Nada mais justo!).

Skype  – Faça uma conta no Skype específica para o seu estudo. Caso o parceiro não venha a ser uma pessoa legal, você pode bloqueá-lo. E também é melhor ter horas específicas de treino onde seus contatos do seu Skype pessoal não possam interromper.

Cuidados!!!

Eu não posso deixar de finalizar esse artigo sem antes contar um pouco da minha experiência com o italki para poder escrever esse artigo antes de recomendar essa ferramenta.

Ao fazer uma conta (principalmente mulheres), a sua caixa de mensagem começará a encher de mensagens vindas de pessoas que nem sequer leu a descrição no seu perfil e quais idiomas você deseja praticar. Não dê muita bola para essas pessoas e continue buscando alunos que atendam os seus critérios. Seja exigente! Você não tem tempo a perder, lembra?

Minha primeira experiência foi com uma pessoa que disse ser de Nova Iorque. Porém a pessoa tinha um inglês duvidoso. Desconfie! Com poucos minutos de conversa, percebi que a intenção da pessoa não era aprender português. Ela só estava ali para manter conversas para maiores de 18 anos (sim, é possível encontrar gente desse tipo até no italki, tenha cuidado). Eu não tenho nada contra quem deseja relacionamentos virtuais, mas para isso, existem sites específicos.

Lição 1: Vamos manter o foco!

A segunda pessoa com quem passei uma hora conversando foi um rapaz muito agradável da Índia que tinha um inglês bom mas não sabia a hora de parar de falar. O tempo se esgotou e consequentemente o monólogo dele também.

Lição 2: Seja estruturado e não deixe o seu parceiro dominar a conversa. Cada um tem o seu tempo.

A terceira a e última experiência foi um com nativo do Canadá que realmente queria aprender português. Iuupi! Na verdade ele queria tanto que já até conseguia se comunicar. Dessa vez a interação foi boa, mas… os assuntos não batiam.

Lição 3: É importante encontrar parceiros que tenham, de preferência, o mesmo interesse que você. Escreva um pouco sobre os seus interesses no seu perfil e leia o perfil da pessoa antes de começarem a permuta. Isso facilita muito na hora de encontrar assuntos.

Dica bônus: Antes de começar a sua prática no Skype com o seu parceiro, tente determinar com antecedência, o assunto da conversa. Por exemplo, combinem de ler um artigo, assistir um filme, ler um livro ou algo mais específico, como uma série de perguntas que um manda para o outro para que haja um tempo de preparação antes da conversa. Dessa forma não vai ficar um olhando pro outro sem ter o que falar.

That’s it! Espero que tenham gostado das dicas.

SHARE
http://www.cantaringles.com/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *